• PET Eng. de Produção

Como os Millenials têm mudado as relações de trabalho - inclusive as suas!



Você já deve ter ouvido falar das gerações X, Y e Z, e até deve entender um pouco sobre elas. Mas - se formos parecidos - você não sabe realmente como isso afeta a sua vida em particular, não é? A verdade é que em qualquer ambiente profissional isso tem uma grande influência, seja lidando com líderes, com liderados ou com clientes.

Nesse contexto, se pensarmos em um futuro próximo, a geração que vêm dominando o mercado (e o mundo! - hoje representa 30% da população mundial) são os Millenials. Essa galera tem entre 19 e 35 anos e, por incrível que pareça, têm mais diferenças entre si dos que as gerações anteriores umas com as outras. A Google, há cerca de 2 anos, realizou um estudo, o Dossiê BrandLab: The Millennial Divide, que divide os Millenials em dois grupos:


Old Millennials

Essa primeira leva está entre os 26 e os 35 anos e, por isso, levam na bagagem algumas experiências ímpares: foram as crianças e os adolescentes que viram a internet chegar (ou seja, nasceram e cresceram naquele estranho e inimaginável mundo sem Google ou Wikipedia), viveram o início da recessão econômica - e, com isso, viram seus pais ou tios perderem o emprego - e, por fim, só conheceram os smartphones na vida adulta. Tudo isso dá a eles algumas características peculiares. Ainda segundo a Google, os Old Millennials são conhecidos por serem otimistas, colaborativos e flexíveis.


Young Millennials

Nessa segunda leva, veremos um pessoal que está molhando os pés na vida adulta - 19 a 25 anos. Diferente dos Old Millennials, eles já nasceram com a internet a mil e cresceram com smartphone e tablet na mão. Além disso, já conheceram o contexto econômico em recessão, o que faz deles mais economicamente conscientes do que as gerações anteriores. Também são conhecidos por serem realistas e questionadores.


A verdade é que o pessoal de marketing e de RH vêm tentando entender essa galera por um motivo muito simples: eles são tanto os compradores quanto os contratados de hoje - e do futuro! Apesar das diferenças, os Millenials têm alguns pontos em comum e conhecê-los pode lhe trazer benefícios (e desconhecê-los, sem dúvida, lhe trará problemas). São eles:


1. Os Millenials não são leais

Um ponto que é um grande diferencial das gerações anteriores é que ter passado pela recessão gerou uma consequência muito clara: essa geração não tem mais aquele antigo vínculo de lealdade com as empresas. Essa história de “vestir a camisa” só serve enquanto a empresa realmente proporcionar o crescimento e o desenvolvimento esperado. Eles entenderam que chegou o momento de se apropriar da própria carreira, em vez de deixar que os seus empregadores façam isso por eles. Então, se você quer manter o Millennial na empresa, você deve dar espaço para que ele cresça.


2. Millennials amam feedback!

E tem tudo a ver com o tópico anterior: para que o indivíduo entenda que está crescendo na empresa, ele precisa desse retorno. Dizem por aí que o método infalível para desmotivar um Millennial é nunca fazer nenhum comentário sobre seu trabalho. E é verdade: o que essa galera espera de um líder é que os oriente no sentido do crescimento, mostrando onde melhorar e onde o seu trabalho já é bom, tudo isso sem tirar autonomia.


3. Eles não são influenciados por propagandas

Essa geração, segundo o The Delloite Millennial Survey 2019, é bastante cética quanto às motivações das empresas, o que, sob essa visão, tira a autenticidade das propagandas. É por isso que os bloqueadores de propagandas de Youtube e Facebook fazem tanto sucesso.


4. Millennials valorizam a interação com as marcas nas mídias sociais

Um marketing que não investe em redes sociais está fadado ao fracasso. Alguns exemplos muito bons são a Netflix no Twitter, a NuBank também no Twitter, e até a Prefeitura Municipal de Florianópolis no Facebook. Esse público têm a expectativa de ter informação e entretenimento, juntos, disponíveis em qualquer lugar e em qualquer momento. Aliando a facilidade de contato ao conteúdo informal e prático, as empresas vêm explorando essa oportunidade entre os Millennials.


5. Eles valorizam a identidade organizacional da empresa

Apresentada no The Delloite Millennial Survey 2019 como “they let their wallets do the talking (and walking)”, essa característica é bastante aparente. Em geral, essa geração busca apoiar empresas que têm os valores alinhados com os seus, fazendo com que estejam mais atentos ao modus operandi da empresa: notícias de trabalho escravo, uso de pele animal e matéria prima provinda de desmatamento já não passam batidas. Isso é fundamental para ganhar a fidelidade dessa geração, que, apesar de não serem empregados leais, tendem a ser consumidores muito leais. Todavia, os entrevistados da pesquisa citada dizem que não hesitariam em diminuir ou acabar o relacionamento com uma organização cujas práticas, valores ou apoios políticos não condizem com os seus.


6. Millenials valorizam experiências

Mais do que bens materiais, essa geração se realiza com vivências: por padrão, viajar ou melhorar suas comunidades são coisas mais visadas do que começar o seu próprio negócio. Isso é fundamental para lidar com eles: enquanto empregador, é fundamental garantir que o emprego seja mais do que um ganha-pão - tem que ser uma experiência! -, enquanto marca, tendo eles como clientes, é necessário que seu produto ou serviço seja, de novo, uma experiência.


A verdade é que os Millennials estão sempre a um clique de resolver alguma dúvida ou obter uma informação. Essa geração vem mudando as relações de trabalho e de consumo, e isso levanta várias dificuldades. Contudo, se o seu negócio estiver atento, podem se tornar oportunidades. Tudo isso está atrelado ao conhecimento do perfil das pessoas envolvidas com o seu empreendimento, sejam elas clientes ou colaboradores (e já falamos sobre análise de perfis comportamentais por aqui!). Depois de conhecer esses 6 pontos espero que você - assim como eu - tenha passado a entender como você pode usar essa galera -inclusive, talvez, você!- a seu favor.


Obrigada pela leitura! (:

Escrito por Maria Eduarda Furtado




57 visualizações

CONTATO

Universidade Federal de Santa Catarina

Campus Trindade

R. Dep. Antônio Edu Vieira - Trindade, Florianópolis - SC, 88040-535, Brazil.

petepsufsc@gmail.com

(048) 3721-7060

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon

© Desenvolvido pelo grupo de Marketing 2017.2 e revisado pelo grupo de Marketing 2020.1