• PET Eng. de Produção

Plano de desenvolvimento individual: Como melhorar a motivação na busca pela capacitação.

"Se as pessoas da sua organização não estiverem felizes e empolgadas por trabalharem lá, você tem um grande problema nas mãos", essa famosa frase foi dita por JJ Sutherland, um dos criadores do framework SCRUM, e representa de forma verídica a realidade.


Um dos grandes problemas que os líderes enfrentam, principalmente agora na pandemia do corona vírus, é a desmotivação de funcionários em realizar tarefas e buscar capacitação. Porém é necessário lidar com essa situação, afinal o crescimento da empresa depende de funcionários felizes e cada vez mais preparados para encontrar novas soluções para o mercado, então a pergunta que fica é: como motivar os seus funcionários?


Existem diversas ferramentas de recursos humanos voltadas para esse tema, hoje iremos falar sobre o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), um método onde cada colaborador cria um plano repleto de ações para cumprir, e essas ações o levarão a conseguir se capacitar em temas que agreguem tanto a ele, quanto para a empresa. Confira um modelo a ser seguido para a criação de um:


Alinhamento de ideias


Aqui os gestores e o membro conversam para entender o atual desempenho do profissional, ouvir quais são os seus desejos para a carreira e alinhar se isso está condizente com o interesse da empresa.


Análise do profissional


Nessa etapa o foco é mapear os pontos fortes/fracos, as hard/soft skills e as experiências já desenvolvidas pelo membro, para de forma conjunta com os dados adquiridos na etapa anterior, levantar alternativas de onde é melhor alocá-lo para conseguir extrair o seu melhor rendimento.


Planejamento

Nesse estágio, todas as informações já foram apresentadas, cabe a organização criar junto com o membro a estratégia do plano, sugere-se que estes pontos façam parte:

  • Definição de ações a serem realizadas na rotina do funcionário e pela empresa esporadicamente, que gerem as mudanças e aprendizados pretendidos, uma sugestão seria um treinamento.

  • Definição de metas de curto, médio e longo prazo a serem cumpridas, servindo assim para auxiliar na análise da evolução ou não. Aqui, lembre-se de criar metas que possam ser mensuradas!

  • Definição do período de tempo para realizar uma avaliação do desenvolvimento do membro. É interessante que isso seja feito mensalmente.

Acompanhamento


É vital que exista um tutor que acompanhe o membro nessa caminhada de capacitação, pois é comum surgir dúvidas durante o processo, o membro não cumprir algumas metas ou existir uma auto cobrança desproporcional, logo esse tutor servirá para aconselhar nesses momentos.


Praticar


Agora que já foi estruturado no que o membro vai se desenvolver, como ele fará isso, como ver se está dando certo, e alguém para ajudá-lo, basta colocar em prática.

Observação


É claro que essa é uma das opções de estrutura. É possível encontrar algumas variações na internet, porém o essencial sempre vai ser a análise das habilidades do funcionário, a definição de tarefas e a avaliação da evolução.


Para você que não faz parte de uma instituição:


Não se preocupe, também é possível realizar um Plano de Desenvolvimento Individual. Para adaptar a metodologia, basta você realizar uma autoanálise de suas habilidades, converse com amigos e professores para ter mais opiniões, crie as ações e faça o acompanhamento com alguém que já tenha um domínio nessa área de estudo. Uma sugestão é que este amigo seja um colega já a frente na universidade.


Para finalizar, gostaríamos de lhe contar algumas dicas e efeitos que você encontrará:

  • No curto prazo, pode ser difícil para alguns colaboradores adotarem a metodologia, é algo que necessita de um esforço diário, interfere diretamente na rotina. Seja flexível com alguns resultados, e busque mostrar a importância da realização ao membro.

  • Será possível perceber, no longo prazo, uma maior satisfação do membro, caso tudo seja seguido de forma correta, além da evolução nas habilidades e o melhor desempenho nas demandas, que é algo que traz um sentimento de felicidade.

Muito obrigado por ler até aqui! Esperamos que tenha gostado da leitura e que consiga engajar seus membros através do PDI! Qualquer dúvida o PET Engenharia de Produção está à disposição.


João Paulo Maximiano Almeida



35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo