• PET Eng. de Produção

Qual o limite da Inteligência Artificial?

Você está com medo que os robôs dominem o mundo? Calma, eles já estão vivendo entre nós há décadas, não na forma de máquinas bípedes, autônomas que poderiam substituir a espécie humana, mas sim na forma de algoritmos que organizam bilhões de informações ao transformá-las em dados estruturados, com uma determinada finalidade.

As pessoas já pensam sobre esse tipo de tecnologia desde os anos 50, pois com o surgimento do computador, uma máquina que consegue por meio de banco de dados armazenar todo tipo de informação, começaram a aparecer especulações sobre a possibilidade de desenvolver um sistema que pudesse imitar a as redes neurais humanas.


Nos dias de hoje, a Inteligência Artificial (IA) está presente em situações que você nem imagina, de diversas formas diferentes, porém, apesar de todo o avanço existem barreiras que são muito difíceis de serem quebradas, se tratando da evolução grau de inteligência de uma IA, e isto nos leva a algumas categorizações:


Inteligência Artificial Limitada (ANI)


É conhecida como a “inteligência artificial fraca”, e é um tipo de IA que é focada totalmente e unicamente a uma função específica. Esse tipo de sistema é o que conseguimos ver nos dias de hoje, e é aquele que consegue armazenar uma quantidade imensa de dados, e realizar cálculos estritamente precisos, porém ela não saberá fazer nada além disso. É a inteligência que é capaz de vencer jogos de xadrez (recomendo leitura do Deep Blue versus Kasparov), mas não saberá responder qual é o jogo em que está sendo utilizada.


Além disso, devido à grande capacidade de armazenamento de dados, a ANI é a inteligência que possibilita carros autônomos, como os da Tesla, bem como Assistentes Virtuais Inteligentes, a exemplo da Siri e Amazon Alexa, e o Machine Learning, uma das aplicações desse tipo de tecnologia mais úteis até agora conhecidas.


  • Assistente Virtual Inteligente(AVI)

As Assistentes Virtuais Inteligentes são uma forma de aplicação da Inteligência Artificial Limitada que estão em grande ascensão ultimamente! Se tratam de uma tecnologia que nos permite interagir com o software a partir do texto ou da nossa voz.

O Google Assistant e a Siri, por exemplo, são modelos de de AVI que cabem dentro do bolso, como facilitadores nos nossos smartphones, e você já deve saber que eles são muito úteis para realizar pesquisas, abrir aplicativos, dentre outras funções.


O interessante é que este tipo de tecnologia está evoluindo de uma maneira em que cada vez mais está sendo possível integrar todos os sistemas de um espaço, desde que se possua uma conexão com a internet. Google Home e Amazon Alexa já nos permitem unificar todos os sistemas eletrônicos na sua residência. Com isso utilizando um simples comando de voz é possível acessar a Netflix na televisão, acender e apagar as luzes, abrir e fechar persianas, desbloquear aparelhos eletrônicos por meio de senhas, dentre outras várias utilidades, desde que se possua os equipamentos compatíveis.


  • Machine Learning

É um método pelo qual uma máquina, a partir de análise de dados (podendo ser obtidos, como exemplo, por Big Data), adquire a capacidade de aprender, identificando padrões, e mudando seu comportamento e tomada decisões, de forma totalmente autônoma.


As redes sociais, por exemplo, utilizam do Machine Learning para selecionar quais informações aparecerão para você, com base em um algoritmo específico responsável por armazenar logo de início os suas interações nessas redes, sejam elas curtidas, compartilhamentos, acessos ou até simples buscas. Esse tipo de ferramenta objetiva a garantia de satisfação do cliente, apresentando sempre informações de real interesse, porém um problema recorrente é que você acaba ficando à mercê deste algoritmo, tornando mais difícil a aquisição de senso crítico, uma vez que só lhe é mostrado a informação que você possui mais afinidade com base no seu histórico.


Além disso o machine learning está presente em diversas situações que não são tão claramente evidenciadas, como na detecção de fraudes, na previsão de demanda, e em diagnósticos para cuidados com a saúde e em situações que você já está muito bem familiarizado, como os recomendados da Netflix, e o cálculo de rotas do Waze.


Inteligência Artificial Geral (AGI)


É o tipo de Inteligência Artificial que pode ser chamado de “IA Forte” ou “IA nível Humano”. e é ela que tem como objetivo se igualar ao ser humano ao realizar alguma atividade intelectual. É uma inteligência multifuncional, que poderia realizar qualquer atividade inteligente que o homem já domine previamente, o que a torna muito complexa e diversas vezes mais difícil de ser desenvolvida do que qualquer ANI.

A partir da teoria da mente, várias ideias a respeito da AGI surgiram, sendo que um dos maiores desafios desse tipo de IA é trazer a percepção de aspectos emocionais, ou a consciência humana, tanto com o exterior, como o compreendimento de intenções para com as atitudes, quanto internamente, quando exista a empatia com o próximo.


Hoje em dia, apesar de já existirem computadores que se destacam nesse aspectos, nenhum consegue se equiparar à capacidade humana adotando essa multipluralidade, mas é válido ressaltar que essa hora irá chegar, afinal a tecnologia está se renovando de uma forma cada vez mais rápida.


Superinteligência (ASI)


Estamos subindo para o patamar de ficção científica quando tratamos de uma ASI. Esse tipo de IA é nada mais do que aquela que supera a capacidade cerebral humana em todas as áreas, como capacidade intelectual, criatividade e habilidades interpessoais. É a inteligência que aparece em filmes e nas principais discussões dos dias de hoje, dominando o mundo e causando a extinçã

o da espécie humana, ou trazendo a cura de todas as doenças, se não a imortalidade. A questão paradoxal que vale levantar é: algo assim, muito mais inteligente que qualquer humano, é possível de ser criado por um humano?


Conseguí tranquilizar um pouco você a respeito da dominação do mundo pelas máquinas? É claro que o ser humano está cada vez mais à mercê de tecnologias e da Inteligência Artificial, mas é importante lembrar que muito dos avanços da ANI estão chegando para facilitar as atividades do dia-a-dia, fornecendo tanto maior conforto, quanto desafios a serem batidos.


Obrigado pela leitura!

Escrito por João Vitor Goedert

98 visualizações

CONTATO

Universidade Federal de Santa Catarina

Campus Trindade

R. Dep. Antônio Edu Vieira - Trindade, Florianópolis - SC, 88040-535, Brazil.

petepsufsc@gmail.com

(048) 3721-7060

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon

© Desenvolvido pelo grupo de Marketing 2017.2 e revisado pelo grupo de Marketing 2020.1